News

Uma questão de fraternidade. As vozes dos sobreviventes e dos afogados no Teatro São Luiz



Em 2019, quando a companhia francesa Les Hommes Approximatifs, de Caroline Guiela Nguyen (realizadora e encenadora), deu início a um período de criação dedicado ao conceito de “Fraternidade”, não imaginava que, em 2022, com o espetáculo a circular pelo mundo, o significado que a palavra transporta estivesse ainda mais ameaçado. Esta semana, “Fraternité, Conte fantastique” apresenta-se no Teatro São Luiz.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close