News

Um líder da oposição chamado Cavaco


Foi certamente coincidência o facto de Cavaco Silva ter publicado um artigo a felicitar António Costa pela maioria absoluta — obtida a 30 de janeiro — escassos quatro dias depois de o PSD ter escolhido novo líder. Mais do que o timing, importa, apesar de tudo, analisar a substância do texto. Que é, numa leitura mais literal, de oposição a Costa e à sua maioria parlamentar. Mas que pretende funcionar igualmente como uma espécie de diapasão para quem está na oposição. O PSD em primeiro lugar, naturalmente. O artigo tem argumentos que merecem ser olhados com detalhe. Por exemplo, quando refere como os seus governos contribuíram para “a redução da inflação, o aumento real dos salários e das pensões, a elevada taxa de crescimento da economia e para a aproximação do país ao nível médio de desenvolvimento da UE como nunca mais voltou a acontecer”. É verdade. A inflação desceu muito: estava quase em 20% em 1985 e chegou a 1995 num quinto deste valor. Méritos de quem geriu a política macroeconómica naqueles tempos, incluindo o Banco de Portugal, que adquiriu maior independência e abandonou o câmbio deslizante (crawling peg).



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close