News

Porto celebrou orgulho LGBTIQ+ com marcha e arraial | Causas


Depois de dois anos em que a marcha do orgulho LGBTIQ+ teve de ser limitada pelas restrições impostas pela pandemia de covid-19, o evento voltou em força às ruas do Porto na tarde deste sábado.

A organização esperava um número de participantes semelhante ao registado em 2019 (oito mil pessoas), de acordo com declarações feitas ao jornal universitário JPN, naquela que é a 17.ª edição deste evento na cidade do Porto.

A marcha do orgulho LGBTIQ+ teve início às 15h na Praça da República e a festa prolonga-se até à 1h, num arraial no Largo do Amor de Perdição que junta vários artistas. 

Esta celebração anual tem como objectivo celebrar a diversidade, pretendendo trazer maior visibilidade para as dificuldades e reivindicações da comunidade LGBTI+. Em 2019, Portugal foi considerado o destino mais “gay friendly do mundo, mas as organizações alertaram para os casos de insultos homofóbicos e transfóbicos de que os membros desta comunidade continuam a ser alvo no dia-a-dia. 

Na última semana, foi a vez de Lisboa celebrar o orgulho LGBTI+, numa marcha que juntou mais de 25 mil pessoas. Caldas da Rainha estreia-se como anfitriã do evento este domingo: o ponto de encontro será no skatepark da cidade pelas 16h30, com os participantes a fazerem o percurso até à Praça da Fruta, onde a marcha terá um ponto final. 




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close