News

Em imagens: 26 milhões de pessoas confinadas em Xangai há um mês | Fotogaleria


Mais de um mês passou desde que as autoridades chinesas puseram 26 milhões de pessoas em quarentena na cidade de Xangai, depois de terem registado mais de 13 mil testes positivos à covid-19 e no meio de uma crescente contestação pública sobre as regras de quarentena.

Esta sexta-feira, a cidade registou 52 novas mortes por covid-19 e 5487 novos casos positivos, o número mais elevado desde o início da pandemia. A Comissão Nacional de Saúde da China revelou que foram registados ainda 9545 casos assintomáticos em Xangai, a capital financeira do país.

Durante este confinamento, os moradores de Xangai ficaram sem acesso a comida e necessidades diárias, face ao encerramento de supermercados e farmácias, e dezenas de milhares de pessoas foram colocadas em centros de quarentena, onde as luzes estão sempre acesas, o lixo acumula-se e não existem chuveiros com água quente.

Qualquer pessoa com resultado positivo, mas que não tenha sintomas, deve passar uma semana numa destas instalações, e os restantes cumprem isolamento no hospital.

As autoridades disseram que, nos próximos dias, vão iniciar a testagem em massa à covid-19 para determinar que zonas da cidade poderão ter uma “quantidade limitada de liberdade”.




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close